Select Page

Bem-vindo ao sítio da Causa Real
Bem-vindo ao sítio da Causa Real
Seja bem-vindo ao sítio da Causa Real, órgão monárquico de âmbito nacional. Este é um espaço ao serviço de todos os que simpatizam ou defendem a Monarquia para Portugal. Aqui pode encontrar toda a informação actualizada sobre as nossas actividades e as nossas ideias e propostas para Portugal.
Apresentação da Causa Real
Apresentação da Causa Real
A Causa Real é uma associação de direito civil, dotada de personalidade e capacidade jurídica e tem por missão a defesa do ideal monárquico, da Instituição Real e no limite a Restauração da Monarquia em Portugal, reconhecendo que os direitos dinásticos da Coroa Portuguesa pertencem à pessoa de Sua Alteza Real O Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, e a quem legitimamente lhe venha a suceder como Chefe da Casa Real.
Génese da Causa Real
Génese da Causa Real
A Causa Real tem a sua génese em 1911, como organização política de apoio a Dom Manuel II, com estatutos escritos pelo próprio soberano e a partir de 1932 continuou como órgão político de Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte Nuno, Duque de Bragança, aclamado sucessor do último rei reinante.
Apoie a Causa Real
Apoie a Causa Real
O seu donativo ajudar-nos-á a concretizar os nossos projectos e divulgar a Causa monárquica, ajudar-nos a construir um Portugal com mais futuro e mais esperança. Saiba como http://www.causareal.pt/donativos/.

Bem-vindo ao sítio da Causa Real

Seja bem-vindo ao sítio da Causa Real, órgão monárquico de âmbito nacional. Este é um espaço ao serviço de todos os que simpatizam ou defendem a Monarquia para Portugal. Aqui pode encontrar toda a informação actualizada sobre as nossas actividades e as nossas ideias e propostas para Portugal.
mais

Apresentação da Causa Real

A Causa Real é uma associação de direito civil, dotada de personalidade e capacidade jurídica e tem por missão a defesa do ideal monárquico, da Instituição Real e no limite a Restauração da Monarquia em Portugal, reconhecendo que os direitos dinásticos da Coroa Portuguesa pertencem à pessoa de Sua Alteza Real O Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, e a quem legitimamente lhe venha a suceder como Chefe da Casa Real.
mais

Génese da Causa Real

A Causa Real tem a sua génese em 1911, como organização política de apoio a Dom Manuel II, com estatutos escritos pelo próprio soberano e a partir de 1932 continuou como órgão político de Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte Nuno, Duque de Bragança, aclamado sucessor do último rei reinante.
mais

Apoie a Causa Real

O seu donativo ajudar-nos-á a concretizar os nossos projectos e divulgar a Causa monárquica, ajudar-nos a construir um Portugal com mais futuro e mais esperança.
Saiba Como

A Causa Real coordena, a nível nacional, o movimento monárquico, tendo como objectivo principal a promoção de uma alternativa política para Portugal.


Últimas Notícias

A Causa Real em constante actualização

 

Últimas Notícias

S. A. R. o Senhor Dom Duarte fala aos Portugueses

No dia 30 de Novembro, véspera da Restauração da Independência Nacional, o Duque de Bragança, S. A. R. o Senhor Dom Duarte, proferirá uma Mensagem a todos os Portugueses, num tempo em que importa reflectir sobre o seguinte:

1. As recentes mudanças políticas no plano internacional, como reacção dos povos à progressiva perda de autonomia e ao aumento da insegurança provocado pelas novas ameaças militares e culturais, demonstram a necessidade de recuperar os símbolos vivos que aglutinam e reforçam o sentimento de pertença comum dentro da comunidade;

2. As Casas Reais, reinantes ou não, presentes nas várias fases da História da construção das identidades nacionais, são esses símbolos vivos da unidade dos povos, que têm um papel fundamental no equilíbrio do sistema democrático, pois evitam que se jogue nas urnas os valores permanentes de cada comunidade nacional, deixando os governos e as assembleias legislativas mais protegidos dos extremismos;

3. Portugal também está sujeito aos perigos que invadem as sociedades ocidentais. Nesse contexto, o dia em que se comemora a Restauração da Independência Nacional ganha ainda mais importância;

4. S. A. R. o Senhor Dom Duarte, representante de Dom João IV, o monarca que assumiu o trono após a Restauração, é o Rei dos Portugueses, logo o símbolo vivo dos valores intemporais da portugalidade;

5. Os Portugueses, os que vivem em Portugal e os que estão na diáspora, têm um Rei ao seu serviço independentemente do regime em vigor.

A Comissão Executiva da Direcção Nacional da Causa Real

Lisboa, 28 de Novembro de 2016

S. A. R. o Senhor Dom Duarte fala aos Portugueses

No dia 30 de Novembro, véspera da Restauração da Independência Nacional, o Duque de Bragança, S. A. R. o Senhor Dom Duarte, proferirá uma Mensagem a todos os Portugueses, num tempo em que importa reflectir sobre o seguinte:

1. As recentes mudanças políticas no plano internacional, como reacção dos povos à progressiva perda de autonomia e ao aumento da insegurança provocado pelas novas ameaças militares e culturais, demonstram a necessidade de recuperar os símbolos vivos que aglutinam e reforçam o sentimento de pertença comum dentro da comunidade;

2. As Casas Reais, reinantes ou não, presentes nas várias fases da História da construção das identidades nacionais, são esses símbolos vivos da unidade dos povos, que têm um papel fundamental no equilíbrio do sistema democrático, pois evitam que se jogue nas urnas os valores permanentes de cada comunidade nacional, deixando os governos e as assembleias legislativas mais protegidos dos extremismos;

3. Portugal também está sujeito aos perigos que invadem as sociedades ocidentais. Nesse contexto, o dia em que se comemora a Restauração da Independência Nacional ganha ainda mais importância;

4. S. A. R. o Senhor Dom Duarte, representante de Dom João IV, o monarca que assumiu o trono após a Restauração, é o Rei dos Portugueses, logo o símbolo vivo dos valores intemporais da portugalidade;

5. Os Portugueses, os que vivem em Portugal e os que estão na diáspora, têm um Rei ao seu serviço independentemente do regime em vigor.

A Comissão Executiva da Direcção Nacional da Causa Real

Lisboa, 28 de Novembro de 2016

Logo Header Menu